terça-feira, 23 de outubro de 2007

Estréia | Almanaque do Ziraldo


Para a estréia desde BlogFólio (nome sugerido {faz um milhão de anos} pela querida amiga Melissa Mattos), onde postarei de tudo um pouco, mas principalmente alguns trabalhos do meu portfólio, escolhi o trabalho realizado mais recentemente: Almanaque do Ziraldo.

A publicação tem projeto gráfico e textos realizados por mim e pela amiga – ilustradora, cartunista e escritora de livros infantis – Rose Araujo, que topou embarcar na doida idéia que tive em meados de 2006.

Com o intuito de homenagear os 75 anos de Ziraldo Alves Pinto, que dispensa maiores apresentações, inventamos esse livro com 304 páginas (e ainda um encarte/pôster com a história da realização do ‘Mural do Canecão’ em 1967) lançado pela Editora Melhoramentos na XIII Bienal do Livro – 2007, que aconteceu no Rio de Janeiro.


A motivação? Em primeiro lugar, acima de tudo, fazer um livro que gostaríamos de ter em nossa biblioteca! E, a segunda, mostrar para diversas gerações que conhecem apenas o Ziraldo autor/ilustrador de livros infantis, toda, ou quase toda, a gama de atividades diversificadas que o artista desenvolveu ao longo de uma carreira com extensa produção.


Jornais e Revistas, Publicidade, Teatro, Cinema, TV, Literatura Infantil, Literatura Adulta, Campanha Educacionais, Quadrinhos, são algumas das áreas em que Ziraldo transitou e que estão presentes no livro, junto com um capítulo Biográfico, que conta “causos” do mineiro que até hoje desenvolve um milhão de coisas ao mesmo tempo, e ainda mantém o sonho de um dia gravar um CD com os Boleros que tanto gosta.





O projeto, levou pouco mais de 5 meses para ser desenvolvido, entre o início da pesquisa (realizada no estúdio do Ziraldo) em fevereiro de 2007, a concepção gráfica, diagramação e finalização dos arquivos no final do mês de agosto. Trabalho de segunda a segunda, das 9h da manhã até quando os olhos mantinham-se abertos, trabalho duro, que repetiríamos novamente, pois foi bastante prazeroso!

E, o mestre Ziraldo, adorou e ficou emocionado com o resultado final.

Duas pessoas cuidarem com o zelo que eles tiveram, procurarem imagens que eu nem lembrava, é tudo que um artista quer na vida. Já posso morrer.”

Desejo longa vida ao querido Ziraldo, que nos recebeu com carinho e nos presenteou, permitido realizar esta homenagem!

Aliás desejo longa vida em um dia especial. Hoje, dia 24 de outubro de 2007, Ziraldo completa seus 75 anos e a amiga Rose Araujo também faz aniversário. Parabéns pra vocês!

: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :

O livro está disponível nas livrarias virtuais Fnac, Livraria Cultura, Saraiva e Siciliano .

8 comentários:

Rose Araujo disse...

Valeu!
Pela parceria e amizade!
Bjos,

Rose Araujo disse...

Ah! e também pelo parabéns!
Bjos

amanotyper disse...

nice work

Gabriela Irigoyen disse...

Parabéns pelo Blog!Um abração!

Isabel disse...

adorei o trabalho, parabens, é mesmo muito gratificante batalhar tanto e obter um resultado tao bonito :)
agora descansem um pouco, hehe

Alex Cói disse...

Li algumas sinopses deste livro, pois estava afim de investir nele. Nenhuma delas foi tão bacana e apaixonante quanto o que está escrito aqui.
Certamente, o trabalho que vocês fizeram foi muito bom. Depois de ler o post no blog, o comprei sem pensar duas vezes.

Um abraço!

Luis Saguar disse...

Obrigado pelos elogios, Alex! =)

Kleiton Gonçalves disse...

Apenas este mês comprei o Almanaque. Nunca o tinha nem mesmo folheado, pois moro numa pequena Cidade sem livraria e, quando viajo, não tive a sorte de me deparar com esse livro. Gostei muito. Parabéns. Foi uma justa homenagem. Sou fã do Ziraldo. Acho que tenho toda a sua obra "adulta" em minha estante, que garimpei em sebos (viajando ou pela internet) embora o tenha conhecido, quando criança, por meio do Maluquinho. Não o acho o maior artista gráfico "vivo" do Planeta. Ziraldo é o maior artista gráfico de todos os tempos. Sei que ele não deve concordar, e citaria nomes como Steiberg, Toulouse-Lautrec etc. Mas ele é sim. Em meu blog procuro divulgar seus trabalho. Abraço. E, novamente, parabéns.